Joaquim Barbosa não concorrerá à presidência em 2018

Decisão foi postada na conta oficial do ministro aposentado no Twitter

Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), anunciou nesta terça-feira (8) em sua conta oficial no Twitter que não concorrerá à Presidência da República nas eleições deste ano. Barbosa destacou que a decisão é “estritamente pessoal”.

Joaquim Barbosa foi ministro do STF entre 2003 e 2014 / Créditos: Emília Silberstein

Joaquim Barbosa foi ministro do STF entre 2003 e 2014 / Créditos: Emília Silberstein

Em abril, Joaquim Barbosa se filiou ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). O partido, à época, afirmou que discutiria uma possível candidatura à presidência do ministro aposentado. Colocado em nove cenários de primeiro turno diferentes, Barbosa apareceu em terceiro e quarto colocado nas pesquisas de intenção de voto realizadas pelo Datafolha.

Joaquim Barbosa foi ministro do STF de 2003 até 2014, indicado pelo então presidente Lula. Entre 2012 e 2014, ele presidiu o Tribunal. O ministro aposentado também foi relator do processo do mensalão, levando o caso para julgamento em 2012 e votando a favor da condenação da maioria dos acusados.

Reportagem, Raphael Costa

%d blogueiros gostam disto: