Aceleradores Lineares chagarão em dois hospitais do Rio

Para aumentar o acesso da população ao tratamento contra o câncer no SUS, o Governo Federal expandiu a distribuição dos aparelhos utilizados nas sessões de radioterapia, conhecidos como aceleradores lineares.

Ao todo serão entregues pelo Ministério da Saúde 140 aceleradores lineares em todo país. O Instituto Nacional de Câncer (INCA), no Rio de Janeiro, e o Hospital Regional Darcy Vargas, em Rio Bonito estão entre os beneficiados. Cerca de 500 milhões de reais foram investidos para adquirir 100 desses aparelhos, além da realização de projetos e obras. Os outros 40 aceleradores serão adquiridos com recursos de convênios. Essa medida vai garantir a cobertura no Sistema Único de Saúde (SUS) de mais de 70 milhões de brasileiros, como explica o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

“Estamos atendendo 74% das pessoas dentro do prazo da lei, e só poderemos atender a todos com a implantação desses equipamentos. A radioterapia depende de construção, instalação, nós precisamos cuidar para que a radiação deles não vaze, não afete as pessoas. Então nós temos um esforço muito grande, mas esses 140 novos equipamentos, somados aos que já temos, são suficientes para dar cobertura a todos os 150 milhões de brasileiros que dependem exclusivamente do SUS”.

Atualmente, o Brasil possui 243 aparelhos para tratamento de radioterapia em funcionamento na rede pública. Até 2019, considerando a inclusão de novos aparelhos, substituições e habilitações, o país passará a contar com 331 aceleradores lineares disponíveis para atendimento à população.

Reportagem, Janary Damacena via Agência do Rádio

%d blogueiros gostam disto: